Simon Vs A Agenda Homo Sapiens, Becky Albertalli

                           
Autor(a): Becky Albertalli
Editora: Intrínseca
Classificação: ⭐⭐⭐⭐

Simon Vs A Agenda Homo Sapiens é um livro   não muito convencional. "Mas por que, joh?" Pelo simples fato de, esteja preparado, Simon é gay.
Por mais que estejamos no século vinte e um, a característica de uma pessoa ainda é muito criticada se não seguir um determinado padrão imposto pela sociedade. Não seria diferente nos livros. Mas como eu sempre digo, viemos ao mundo para quebrar paradigmas, e se posso fazer isso através de um livro, por quê não?
  Simon é um garoto que ainda está no ensino médio, e depois de namorar algumas poucas garotas, ele tem total certeza que é gay. Sabe que terá todo o apoio dos pais, mas não entende a necessidade de "sair do armário", já que hetéros não precisam fazê-lo.
Acaba se apaixonando por um menino, até então chamado de Blue, a relação deles é totalmente virtual, a única coisas que sabem um do outro é que são da mesma escola. Então preferem continuar no anonimato.
 Em um determinado ponto, Simon é chantageado por um colega de classe, que descobre sobre os emails trocados. É nesse ponto que o Simon começa a se perguntar se está na hora de falar para todos que é gay, e sem falar que morre de medo de estragar o relacionamento que está sendo construído aos poucos com o Blue. 

É daí que a história toma um embalo gigantesco e fica cada vez mais envolto no suspense de "Quem é o Blue?". É tão divertido essa procura, começamos a pensar  e sentir como o Simon. Devo ressaltar que fiquei mega feliz, quando soube que era quem eu pensava ser. 
Como  todo mundo sabe, sou o ser mais crítico do mundo, e não seria diferente. Então vou falar alguns pontos negativos na minha opinião ( são poucos).
Assim que iniciado a leitura, é como se num toque de mágica, o Simon surgisse na nossa frente e começasse a nos falar toda a história. "Poxa Joh, isso é ruim?" Você se sentir mais próximo do personagem nunca será algo ruim, só não gosto quando embaralham demais as coisas e começam a relatar coisas que não terão tanta necessidade. E o Simon faz isso. Ele entra numa história, que entra noutra e noutra e noutra... Às vezes, me confundi com alguns diálogos e partes da narrativas (onde achei que só serviu para encher mais o livro), que por sinal, é bem curto.
Assim que fui me apegando mais ao livro, ele acaba. 272 páginas é pouco demais quando estamos querendo mais. Pronto, esses são os pontos negativos. Eu disse que eram poucos...rs
Apesar disso, a história toda foi mega elaborada; os amigos, a família, as pessoas da escola, são todos bem ligados a vida do Simon, e deixa a história mais gostosinha de ler. A autora soube abordar um tema, ainda delicado e transformá-lo em algo tão franco e simples. A simplicidade nos prende, como em qualquer romance. Faz, nós leitores, nos apegar ao Simon e pela sua situação, de uma forma muito rápida. A cada pagina lida, ficamos mais livres.
Por mais romances assim, onde tabus sejam quebrados, onde uma simples característica de um personagem não nos afete, mas nos tornem mais humanos diante às diversidades mundiais.


P.s Foi lançado o filme esses dias, então estou super ansiosa para assisti-lo!! Alguém já leu ou assistiu? Não esqueçam de me falar o que acharam. Beijos ♡ 

28 comentários:

  1. Oi flor!! Ainda não li... Mas já tá na lista pois eu adorei a sinopse. Lendo sua resenha vou passar para o topo da lista com certeza! Beijos!! www.lendo1bomlivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me fala o que achar, visse? Aguardo ansiosamente. Xero, flor <3

      Excluir
  2. Assim que vi esse livro como lançamento, me interessei. Mas um amigo, que conhece bem o meu gosto, leu e acha que eu não gostaria, aí fiquei com o pé atrás hahaha. Acho, na verdade, que essas "divagações" do Simon para assuntos que não levam a nenhum me incomodariam um pouco. Apesar de todos os elogios, essa capa fofa, e a temática, acho que ainda não é um bom momento para eu lê-lo :/

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso me incomodou um pouco, mas deu pra levar. Tanto que li em dois dias. Uma história tão leve e uma narrativa fácil.
      Xero

      Excluir
  3. Concordo com você, deveriam haver mais livros sobre esses assuntos que infelizmente ainda são tabus. Pena que a leitura seja meio confusa em algumas partes, porque o livro parece muito bom, porém não gosto muito quando os autores colocam coisas na história que não fazem a mínima falta lá.
    Mesmo assim continuo a querer dar uma oportunidade a este livro de me surpreender pela positiva.
    Nunca deixe de ser critica como você é, dê sempre a sua opinião, por mais diferente que seja, isso é uma característica muito boa nas pessoas!
    Beijinhos!

    http://euliaeleio.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste do livro! Vai te emocionar e te prender de uma forma, que só lendo pra saber.
      Obrigada pela dica, continuarei a ser critica do jeito que sou. Xero.

      Excluir
  4. Esse livro já está na minha lista, e com essa resenha, fiquei ainda mais curiosa em ler...Também acho chato quando os autores ficam colocando coisas desnecessárias no livro isso as vezes torna o livro cansativo, mas como a historia parece bem legal vou ler assim mesmo...Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É quando você começa a se apegar, o livro acaba. Isso que é o mais triste de tudo. Espero que goste da leitura, Gil <3

      Excluir
  5. Oi jô, parece ser um ótimo livro, também concordo quando enchem demais a leitura torna-se cansativa .. mais com certeza leria <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, caprica. Eu fiz resenha desse livro recentemente lá no blog, fico feliz que tenha lido. Eu gostei bastante do livro principalmente pelo tema abordado. Não senti essa dificuldade que você teve em relação as histórias (vivências do Simon), na verdade gostei pois era como um dia comum e preocupações que todos nós temos.

    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre interessante como as pessoas se divergem né? Acho que escrever críticas literárias me dá um gostinho ótimo! Ainda mais quando discordam comigo... Hahaha eu realmente fico querendo discutir o livro. Que bom que gostou <3

      Excluir
  7. Infelizmente esse assunto ainda é um tabu:( já faz um tempo que eu quero esse livro.
    A cada resenha que eu leio, eu fico mais apaixonada pelo Simon. Eu pretendo comprar ele no BF.
    Beijoos!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra sim, Ju. Eu com toda certeza, leria de novo. É uma história emocionalmente. Xero.

      Excluir
  8. Eu preciso ler esse livro! Parece ótimo! E amo livros que retratam histórias virtuais e também relações homoafetivas!

    Parabéns pelo post, xêro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, Carol. Super indico ♡

      Excluir
  9. Vou ler Simon Vs A Agenda Homo Sapiens, Becky Albertalli, obrigada pela dica, sucesso!!!

    ResponderExcluir
  10. Interessante história, temos que quebrar vários tabus, um deles respeitar toda a forma de amor. Gostei da sinopse, comprarei para ler, bjs, boa indicação.

    ResponderExcluir
  11. Muito legal a sinópse, infelizmente traz muitas verdades de nossa sociedade, mas ainda acredito que no futuro as crianças irão perguntar pros pais se era sério que antigamente as pessoas eram discriminadas por ter relações com o mesmo sexo.

    ResponderExcluir
  12. Que legal, eu la li este livro! Grande parte do sucesso do livro está, é claro, em seus personagens. Simon é o protagonista ideal para um livro como esse: está cheio de dúvidas sobre sua vida, e comete erros como todo adolescente, mas é simpático e divertido; lendo o livro, você nunca se pergunta por que os personagens secundários o adoram tanto. E os personagens secundários, por sua vez, nunca parecem personagens secundários: eles tem sua própria história e trajetória a seguir, independente de Simon. Todos eles parecem humanos, e não apenas caricaturas criadas para preencher espaço no livro.

    Falando em personagens humanos, me impressionei com a construção de Marvin, o personagem que chantageia Simon ao longo da história. Ele não é o típico bully que normalmente são os vilões desse tipo de história. Marvin é um humano como qualquer outro: tem suas qualidades e defeitos, seus pontos positivos e negativos. Em várias partes do livro, até mesmo Simon se percebe gostando de Marvin por alguns momentos; e apesar disso tudo, Marvin ainda é indiscutivelmente o antagonista do livro. Isso é algo muito importante, principalmente para os adolescentes que lerão Simon: muitas vezes, a pessoa que te faz mal não é um vilão típico de televisão, obviamente “malvado”. A pessoa homofóbica/racista/sexista é apenas uma pessoa, às vezes legal e simpática, com suas próprias qualidades…. e isso não torna o mal que ela faz menos terrível, ou mais digno de perdão. O desfecho entre Marvin e Simon foi perfeito nessa questão.

    ResponderExcluir
  13. Já vi muito essse livro por aí, mas não me chamou muito atenção. Romance e com um pegada mais adolescente não é o tipo de leitura que eu leio com frequência. Mesmo assim, acho super válido tratar assuntos que (infelizmente) ainda são tabus. Quanto mais e mais histórias que envolvem esses assuntos forem escritas, maior a chance que eles deixem de ser tabu.

    ResponderExcluir
  14. estou louca pra assistir o filme. Ouvir falar muito nesse livro e tem uma premissa muito boa. Acho que vou dá uma pesquisada sobre ele.
    bjos

    ResponderExcluir
  15. Olá johany, adoro livros assim, que quebram paradigmas, ainda mais quando explicado por um texto q nos prende a atenção, como o seu. Ainda não li o livros, no entanto, seria uma boa leitura e um livro ótimo para indicar para pessoas q levam o homossexualismo como tabu. Parabéns pelo texto. Continua quebrando os paradigmas! bj.

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Assisti ao filme semana passada e fui correndo ler o livro, li-o logo em seguida, rapidamente. Gostei muito do filme, já com o livro a experiência foi boa, mas não com todo alarde que vi em cima da obra. É um bom livro para quebrar tabus, para ver como o jovem ainda sofre preconceito de alguma forma e que não se ter o direito de expressar a sua homossexualidade é algo doloroso. É um livro importante para ser lido. Adorei seu post!

    beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oiiie,
    eu quero muito assistir o filme, ainda não consegui mas pretendo muito, o livro eu não li

    ResponderExcluir
  18. Estou louca para ler esse livro 💕 ainda não vi o filme porque quero ler o lovro primeiro.. a historia de simon parece aquecer muito o coração né haha.. gostei muito da sua resenha e espero gostar da leitura também!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Parece ser um livro bem bacana de ler, trata de um assunto muito recorrente ainda hj em dia que é esse preconceito contra o homossexuais!

    ResponderExcluir
  20. Oi linda!! Vou adicionar a minha lista pois eu adorei a sinopse. Beijos!!
    https://anjinhosdatiacidamarques.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.